terça-feira, 1 de outubro de 2013

O salário-maternidade para segurada desempregada.

salário-maternidade, benefícios, INSS, Previdência

Desde 14.06.2007 é possível requerer, e ter concedido, o benefício de salário-maternidade para quem está desempregada. O direito é garantido enquanto a segurada mantiver a qualidade de segurada. Nesse caso o mais importante é saber o que é e como se mantém a qualidade de segurado na Previdência Social do Brasil.


Qualidade de segurado é estar em dia com as contribuições à Previdência, em regra geral é não ficar mais de 12 meses sem contribuir. Por isso uma trabalhadora manterá o direito ao salário-maternidade desde que a criança nasça antes de ter completado 12 meses que saiu do emprego ou parou de contribuir, no caso da contribuinte individual. O contribuinte facultativo tem o prazo diminuído para seis meses.

Para manter a qualidade de segurado basta contribuir uma mensalidade por ano, sempre antes de completar 12 meses da última contribuição ou 6 meses no caso do contribuinte facultativo. Essa regra tem algumas exceções:

1 - o segurado, ou segurada, que tiver 120 contribuições, 10 anos, pagas sem ter perdido a qualidade de segurado, ou seja, que tenha pago os 10 anos sem ter ficado mais de 12 meses sem contribuir, terá a qualidade de segurado mantida por mais 12 meses, assim haverá direito ao salário-maternidade por até 24 meses.

2 - O segurado, ou segurada, que tiver 120 contribuições, como acima explicado, e tiver recebido o seguro-desemprego quando saiu do último emprego terá o tempo acrescido em mais 12 meses, assim manterá o direito por 36 meses. Se não tiver tempo menor que 10 anos manterá a qualidade por 24 meses.

Resumindo existem três possibilidades de se manter a qualidade de segurado, quais sejam: por 12 meses, por 24 meses e por 36 meses. A qualidade de segurado ocorre após as seguintes situações, assim exemplificada:

- digamos que uma trabalhadora tenha sido demitida em 10.01.2013, vale qualquer dia de qualquer mês, se ela ficar desempregada terá direito ao salário-maternidade até o dia 16.03.2014, pois a contagem dos meses sem contribuição inicia em 02/2013 e vai até 01/2014 e, para não perder a qualidade, terá que pagar o mês 02/2014, sendo que essa competência pode ser paga até 15.03.2014. Claro que não é preciso correr o risco de errar nas contas e perder o direito, pode pagar ao menos uma parcela, antes de ter se passado os 12 meses e manterá a qualidade por mais 12 meses.

O decreto 3048/99 assim define: Da Manutenção e da Perda da Qualidade de Segurado

Art.13. Mantém a qualidade de segurado, independentemente de contribuições:

I - sem limite de prazo, quem está em gozo de benefício;

II - até doze meses após a cessação de benefício por incapacidade ou após a cessação das contribuições, o segurado que deixar de exercer atividade remunerada abrangida pela previdência social ou estiver suspenso ou licenciado sem remuneração;

III - até doze meses após cessar a segregação, o segurado acometido de doença de segregação compulsória;

IV - até doze meses após o livramento, o segurado detido ou recluso;

V - até três meses após o licenciamento, o segurado incorporado às Forças Armadas para prestar serviço militar; e

VI - até seis meses após a cessação das contribuições, o segurado facultativo.

§ 1º O prazo do inciso II será prorrogado para até vinte e quatro meses, se o segurado já tiver pago mais de cento e vinte contribuições mensais sem interrupção que acarrete a perda da qualidade de segurado.

§ 2º O prazo do inciso II ou do § 1º será acrescido de doze meses para o segurado desempregado, desde que comprovada essa situação por registro no órgão próprio do Ministério do Trabalho e Emprego.

Nota:

A Medida Provisória nº 1.709-4, de 27.11.1998, reeditada até a de nº 2.164-41, de 24.8.2001, vigorando em função do art. 2º da Emenda Constitucional nº 32, de 11.9.2001, assegura a qualidade de segurado aos empregados ali mencionados, nos seguintes termos:

"Art. 8º Ao empregado com contrato de trabalho suspenso nos termos do disposto no art. 476-A da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT aplica-se o disposto no art. 15, inciso II, da Lei no 8.213, de 24 de julho de 1991".

§ 3º Durante os prazos deste artigo, o segurado conserva todos os seus direitos perante a previdência social.

§ 4º Aplica-se o disposto no inciso II do caput e no §1º ao segurado que se desvincular de regime próprio de previdência social.

§ 5º A perda da qualidade de segurado não será considerada para a concessão das aposentadorias por tempo de contribuição e especial.

§ 6º Aplica-se o disposto no § 5º à aposentadoria por idade, desde que o segurado conte com, no mínimo, o número de contribuições mensais exigido para efeito de carência na data do requerimento do benefício.

Art.14. O reconhecimento da perda da qualidade de segurado no termo final dos prazos fixados no art. 13 ocorrerá no dia seguinte ao do vencimento da contribuição do contribuinte individual relativa ao mês imediatamente posterior ao término daqueles prazos.

Art.15.(Revogado pelo Decreto nº 4.032, de 26/11/2001)

Se gostou do post SUBSCREVA nosso FEED.
Cópia não permitida
Compartilhar
Fórum do Consultor. Pergunte sobre os benefícios do INSS

200 comentários :

  1. No caso como é calculo o valor a ser recebido? no caso de estar desempregada porem ainda na qualidade de segurada??? agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É feita a média das últimas contribuições feitas.

      Excluir
  2. Boa noite senhor Catarino,
    no caso de a segurada ser ex-servidora publica municipal, local onde atuou por 5 anos ininterruptos ?? Ficou lotada do dia 02/01/2008 a 02/01/2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi qual é sua dúvida.

      Excluir
    2. A minha esposa trabalhou por 5 anos efetiva em uma prefeitura, gostaria de saber se ela tem direito a licença maternidade ja que ela esta para ter o nosso filho em janeiro de 2014. Ela esteve lotada na prefeitura de 02/01/2008 a 02/01/2013 data em que se exonerou do cargo.

      Excluir
    3. Se a prefeitura recolhia para o INSS mantém o direito por 12 meses.

      Excluir
  3. No caso eu trabalhei 6 meses três por uma empresa e três por outra mais foi interrupito!
    Sai do trabalho em fevereiro desse ano meu filho nasce em novembro tenho direito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você mantém o direito por 12 meses

      Excluir
  4. boa noite! uma duvida trabalhei de Dezembro de 2009 ate setembro de 2011 em uma empresa eu teria direito ao beneficio,estou com quase oito meses de gestação?obr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Noa terá direito, se saiu em 09/2011 só teria direito até 09/2012

      Excluir
  5. Gostaria de saber qual o procedimento para requerer. Fui demitida em 01/03/2013 e engravidei no mÊs seguinte. Desde então, venho pesquisando e por diversas vezes liguei na previdencia, sempr diziam que a solicitação era feita por meio de agendamento aos 8 meses de gestação, e agora

    que de fato estou com 8 meses, quando ligo para lá, informam que só posso solicitar depois que o bebê nascer.

    Mudaram as regras, ou as infroamções que me passavam há meses atrás estava errada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luana, na condição de desempregada só pode pedir a partir do nascimento, não mudou nada sempre foi assim.

      Excluir
    2. Obrigada Catarino. A verdade é que as informações são desencontradas mesmo. Mas fazer o que né, vou esperar até dezembro, rs.
      Obrigada!

      Excluir
  6. Ola trabalhei em um emprego do dia 01/03/2012 ate 01/10/2012 depois retornei a outro emprego e trabalhei do dia 01/04/2013 ate 30/09/2013 entao pede demissao agora descobri que estou gravida e desempregada e meu bebe nascera em abril de 2014 tenho direito ao salario maternidade ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naiane, leia o artigo que nele explico essa situação.

      Excluir
  7. Catarino queria tirar uma outra duvida com vc , fui no inss eles mim disseram que tenho o direito de receber o auxilio maternidade porem ele disseram que eu nao podia ter recebido seguro desemprego pois perderia o direito ao auxilio maternidade . Minha duvida e que eu recebi o seguro desemprego mais do 1 emprego que eu trabalhei recebi 3 parcelas depois de alguns meses voltei a trabalhar em outro emprego e pede demissao depois de 6 meses so que nao recebi seguro desemprego , queria saber se por causa desse seguro desemprego que eu recebi do outrro emprego perderei o direito do auxilio maternidade ? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naiane, se seu filho nasceu no mesmo período em que esteve recebendo o seguro desemprego não terá direito ao salário-maternidade, pois não pode receber dois benefícios ao mesmo tempo.

      Excluir
  8. Nao Catarino meu filho nascera em abril de 2014 eo o seguro que eu recebe foi de outro emprego antes desse que eu pede conta . Foi em 2012 que eu recebe o seguro agora em 2013 trabalhei em outro emprego pede conta mais nao recebi seguro .

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde gostaria de saber como é feito o calculo do auxilio maternidade para segurada desempregada trabalhei de 01/12/2007 á 18/10/2012 , meu bebê nasceu em setembro . O calculo é feito em cima dos 12 ultimos salarios?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre esse assunto convido que leia este link:http://www.consultor-online.com/2011/12/o-salario-maternidade-no-inss-como-e.html

      Excluir
  10. Trabalhei em uma empresa no período entre março/2010 até outubro/2012, meu bebê nasceu em setembro/2013 e o cálculo foi feito com vase em 5 contribuições, procede este cálculo? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karina
      O cálculo é feito pela média das contribuições feitas nos últimos 15 meses, se nesse período só tinha 5 meses com contribuição o cálculo está certo.

      Excluir
  11. Boa noite! Trabalhei desde os 18 anos com carteira assinada ficando sem contribui por alguns meses durante troca de empregos. Meu último emprego foi em 2009. Parei de trabalhar desde então para cuidar do meu filho. Agora estou grávida e meu parto deve ser em Julho de 2014. Se eu começar a pagar o INSS agora terei direito ao salário maternidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monica
      Se não contribui desde 2009 já perdeu a qualidade de segurada e não terá direito, se começar a contribuir agora não terá como pagar o número de parcelas exigidos para contribuinte individual que é de 10 meses, sugiro que vá ao INSS ver sua real situação.

      Excluir
  12. Boa tarde Catarino!

    Parabéns pela explicação e iniciativa em nos ajudar!

    Ainda me ficou uma dúvida, se tenho ou não direito...

    Em meu último registro em carteira (sendo que tenho outros anteriormente) a data de admissão foi 08/agosto/2012 e de demissão dia 11/abril/2013

    Vale ressaltar que recebi 4 parcelas de seguro desemprego-desemprego!

    A data prevista para meu parto é 02/maio/2014

    Tenho direito ao auxílio? Quando devo entrar com o pedido, caso tenha direito?

    Desde já agradeço!

    Daniela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniela
      Sua dúvida está explicada no artigo, se saiu do emprego em 04/2013 e recebeu seguro-desemprego manterá o direito por 24 meses. Como desempregada só pode pedir quando a criança nascer.

      Excluir
  13. trabalhei 3 meses como 1°emprego em 2010 e sai do serviço pq eles nao queria continuar com o contrato e depois trabalhei de outubro a novembro de 2010 tbm e sai por motivos pessoas...logo em 2012 trabalhei durante 3 meses no caso de setembro/outubro/e novembro e meu bebe fez 1 mês tenho algum direito..minha visita esta marcada na previdencia social dia 05/de dezembro de 2013..nunca peguei nenhum beneficio

    ResponderExcluir
  14. resalta que eu ainda nao contribui 10 meses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há como dizer se terá direito, veja o que no artigo ou espere o resultado dado pelo INSS.

      Excluir
  15. Boa tarde
    Trabalhei de de 01 de agosto de 2006 á 28 de fevereiro de 2009, depois em outra empresa de de 15 maio de 2013 a 02 setembro de 2013. Meu filho(a) vai nascer em 15 de maio de 2014. Quero saber se tenho direito ao salário maternidade. desde já obrigada.
    Lucy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucy.
      Sim, mantém o direito por 12 meses.

      Excluir
  16. Meu último trabalho foi 1 fevereiro de 2012 até 29 de agosto de 2012. Então minha carência venceu em 29 de agosto de 2013. Tenho um total de 22 meses de contribuição registrado na carteira. Se eu começar a pagar o INSS pelo carnê, terei direito ? Estou com 1 mês de gestação. Quantas parcela tenho pagar para ganhar o beneficio ?Obrigada pela atenção. Tatiana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiana
      Sim, você mantém o direito por 12 meses, se pagar um mês antes de ter passado esse prazo prorroga o tempo.

      Excluir
    2. Desculpa, não entendi.
      Eu tenho que pagar quantas parcelas para ter direito ao salário maternidade estando desempregada ?
      No dia 29 de agosto de 2013 fez um ano que acabou minha carência.

      Excluir
    3. Tatiana
      leia o artigo, nele explico essa situação.

      Excluir
  17. trabalhei de carteira assinada 6 meses e pedir as contas e estou gravida tenho o direito e quando posso da entrada no beneficio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata
      Suas informações são insuficientes, leia o artigo que entenderá.

      Excluir
  18. ola muito obrigada pelas informações fui na previdencial social dia 05/12/2013 e ja fiz meu cadastro aparti de janeiro ja pego minha 1°parcela obrigada pelas informações

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde, Catarino!
    Ótimo artigo, parabéns! Gostaria de aproveitar e tirar uma dúvida...
    Maeu nome é Ingrid e minh filha nasceu em 03/11/2013, dei entrada no meu salário maternidade e o resultado foi de um salário mínimo.
    Porém, eu recebia um salário de R$ 1211,00, estive empregada de 04/11/2010 a 21/11/2012, na mesma empresa, fui demitida, recebi o auxílio desemprego normalmente. Mas o cálculo considerou a média dos 4 últimos salários dividida por 12.
    Isso está correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amélie
      Sim, veja este link:http://www.o-inss-os-beneficios-e-contribuicoes.com/2013/10/a-renda-mensal-do-salario-maternidade.html

      Excluir
    2. Obrigada pelo esclarecimento!

      Excluir
  20. Bom dia Catarino,
    Parabéns pelo artigo, está muito esclarecedor.
    No entanto, tenho uma dúvida:
    Meu último emprego foi de 09/07/13 até 06/10/13, somente um contrato de experiência, porém com contribuição ao INSS, e meu parto é previsto para 07/2014 (dentro do período de carência). Terei direito ao benefício? Desde já agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina, mantém o direito por 12 meses, conforme consta no artigo.

      Excluir
  21. Bom dia! estou desempregada há 2 meses e descobri a minha gravidez recentemente, não estou no seguro desemprego pois fiquei apenas 3 meses na ultima empresa e das outras sempre pedi demissão, sendo que tenho contribuído desde 2005.. minha pergunta é a partir de quando posso requerer o seguro maternidade e quantas parcelas são(se for ocaso de parcela)??? desde já obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode requerer depois que a criança nascer.

      Excluir
  22. Bom dia Catarino,
    Meu nome é Mariana e do meu último emprego sai no dia 14/7/2010, ou seja, já perdi a condição de segurada, certo? Estou com 7 meses de gestação atualmente. Gostaria de saber quantas parcela tenho pagar para ganhar para reaver a condição de segurada e ter direito ao beneficio? Obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana
      Para recuperar a qualidade, mudando de categoria de empregado para facultativo, precisava ter pago três parcelas, em dia, antes da criança nascer.

      Excluir
    2. Olá, Mariana!

      Estou pesquisando muito sobre o assunto e li em alguns artigos que as contribuições podem ser feitas por trimestre, ou seja, vc pagaria agora em 15 de janeiro as contribuições referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro, assim teria as três contribuições necessárias para garantir o benefício. Não sei se isso te daria o direito, mas não custa pesquisar, né? Minha situação é igual à sua, porem meu filho nasce em maio, ainda tenho tempo de fazer as 3 contribuições mensais. Boa sorte! ;)

      Excluir
  23. Boa Tarde
    Meu nome é Claudia, sai do meu ultimo emprego em maio de 2012, tive meu bebe dia dez agora ( 10/12/2013) Gostaria de saber se tenho direito ao beneficio. Se tenho que pagar pra receber. Liguei no INSS e eles disseram que até 24 meses eu tenho o direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hector, sugiro que leia o artigo, nele explico a situação das mulheres desempregadas, aqui não teria espaço para repetir.

      Excluir
  24. Boa tarde
    Gostaria de saber se tenho direito ao auxilio somente com 7 contribuições, atualmente estou trabalhando de carteira assinada, mas gostaria de pedir demissão por motivo pessoais, estou gravida de 4 meses e meio e esta previsto o nascimento para junho de 2014.
    Att,
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tammy
      Você mantém o direito por 12 meses depois que sair do emprego, não importa quantos meses ficou no emprego.

      Excluir
    2. Obrigada pela atenção
      tenho uma outra dúvida, como vai ser calculado o valor deste auxílio?
      Att,
      Tammy Ito

      Excluir
    3. Sobre esse assunto veja este link: http://www.consultor-online.com/2011/12/o-salario-maternidade-no-inss-como-e.html


      A aposentadoria por invalidez no INSS

      Excluir
  25. queria saber como faço o calculo do beneficio meu salario era fixo em 1.285,00 sai da empresa em 03/2013 e recebi seguro desemprego que me da uma estabilidade de 24 meses e meu nenem nasce em 02/2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roque, nesse caso será feita a média das contribuições que tiver no período de 15 meses anteriores ao nascimento do seu filho.

      Excluir
  26. Boa noite Catarino!
    Trabalhei 16 meses numa empresa. Vou receber minha ultima parecela do seguro desemprego esse mes. Ganhei bebe em dezembro e minha duvida é se ainda posso dar entrada no salario maternidade.
    Tenho ou não direito recebe-lo??
    Desde ja agradeço.

    Att,

    Pryscila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pryscila
      Sim tem direito, mantém o direito por 12 meses e mais 12 por ter recebido seguro desemprego.

      Excluir
    2. oi meu nome e Luana trabalhei de 26 de março de 2013 há 24 de setembro de 2013 e fui demitida em novembro descobri que estava gravida de dois meses e 5 dias meu seguro desemprego vai de novembro a fevereiro de 2014 meu neném nasce em julho de 2014 .eu receberei auxilio maternidade estou preocupada pois já larguei currículo mas o pessoal não pegam mulher gravida o que eu faço estou preucupadissima

      Excluir
    3. Luana, pelo que diz vai ter direito sim, leia o artigo que vai entender.

      Excluir
  27. Olá, Catarino!

    Tenho pesquisado muito sobre o assunto para ver como proceder, e acho que vc pode me orientar.
    Minha situação é a seguinte: estou desempregada desde fevereiro de 2011, quando fiz um trabalho temporário por 2 meses, antes disso trabalhei por 3 anos em uma empresa e saí em maio de 2010. Meu filho nasce em maio de 2014. Estou ciente de que já perdi a condição de segurada, e aí estão minhas dúvidas:
    Existe possibilidade de reaver a condição de segurada, para ter direito ao benefício?
    Quantas contribuições seriam necessárias?
    Qual seria o valor a receber? Caso eu contribuísse sobre dois salários mínimos, por exemplo?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela, para quem muda de categoria, no seu caso de empregada para facultativa, tem que pagar três parcelas em dia antes da criança nascer para recuperar a qualidade de segurada. A renda é feita pela média das 12 contribuições encontradas nos últimos 15 meses.

      Excluir
    2. No caso de só haver 3 contribuições, o valor do benefício será o mesmo do salário de contribuição? Se eu pagar sobre R$ 1000,00, vou receber R$ 1000,00 de benefício por mês, por exemplo? Qual seria o percentual de contribuição que eu deveria fazer, no caso de segurada facultativa? Seria 20%?

      Excluir
    3. Gabriela, você não entendeu a resposta anterior, tente ler este link para saber sobre como é feito o cálculo da renda do salário-maternidade:http://www.consultor-online.com/2014/01/como-e-o-calculo-da-renda-mensal-no-beneficio-de-salario-maternidade-no-INSS.html

      Excluir
  28. Boa noite Catarino,
    gostaria de tirar uma duvida com o senhor.
    Minha esposa trabalhou por 5 anos em uma prefeitura, a sua exoneração saiu no dia 14/01/2013, nosso filho esta previsto para nascer no dia 16/02/2014, gostaria de saber se ela ainda se encontra na situação de segurada, e se não, gostaria de saber como faço para que ela não perca este direito.

    grato Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, se a prefeitura recolhia previdência para o INSS ela terá que pagar um mês para garantir o direito, pois se saiu em janeiro vai manter o direito por 12 meses, para não correr risco sugiro que pague o mês de dezembro que vence em 15 de janeiro.

      Excluir
  29. olá Catarino gostaria de saber se tenho direito ao salário maternidade trabalhei em uma empresa de 16.11.11 a 27.03.12 e estou gravida de 5 meses meu filho nasce em maio de 2014 e atualmente estou desempregada e estou na duvida se recebo ou não. e como posso contribuir se não tiver o direito?
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carla
      No artigo eu tentei explicar essa situação, convido que leia e entenderá.

      Excluir
  30. Bom Dia! Trabalhei de outubro/2012 à janeiro/13 e de junho/2013 à agosto/2013 e as empresas sempre descontaram o INSS. Antes dessas experiências também trabalhei em empresas que descontaram o INSS. Tenho carteira assinada desde 2010 mas em diferentes empresas. Depois que saí da última empresa (15/08/2013) descobri a gravidez em novembro/2013 e a previsão do meu parto é pra agosto/2014. Gostaria de saber se tenho direito ao benefício. Desde que sai da empresa que não contribuo. Por favor, tire minha dúvida. Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. May
      Fiz o presente artigo justamente para responder sua dúvida, convido que leia e entenderá.
      A aposentadoria por idade no INSS

      Excluir
  31. Bom dia Catarino. Li seu artigo e quanto ao tempo de carência, acho que ficou claro para mim. Fui demitida em 20 de fevereiro de 2013. Como tenho mais de 120 contribuições, sem ter ficado mais de 12 meses sem contribuir, e recebi seguro desemprego em 2013, minha carência é de 36 meses, correto?

    Estou no sétimo mês de gravidez, e meu filho nascerá dia 20 de Março de 2014.

    Minha dúvida agora é com relação ao valor. Meu salário até Fevereiro de 2013 era de 1.500 reais. Algumas contribuições da empresa foram maiores porque eu recebia comissão de vendas. A última contribuição (Fev/13) foi baseada em mais de 5 mil reais, acredito que por conta da rescisão. Após isto, não houveram mais contribuições.

    O que quero saber é se o INSS utiliza:

    1- As 12 últimas contribuições da empresa e divide por 12 meses?
    2- Ou se serão utilizados os doze últimos meses consecutivos, dentro do período de 15 meses?

    Se for a opção 1, ficarei recebendo um salário de pelo menos, 2 mil, correto?

    Mas se for a opção 2, meu salário maternidade ficará abaixo do mínimo (pois só utilizarão o salário de Janeiro/13 - R$ 1.672,00 e Fevereiro/13 - R$ 5.334,00, dividindo por 12 meses), o que me dará direito somente ao mínimo, não é isto?

    E neste caso, como faço para ficar recebendo um salário de pelo menos R$ 1.500,00 à partir do nascimento do meu filho em Março?

    Obrigada pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A renda é feita pela média das 12 últimas contribuições anteriores ao parto procuradas nos últimos 15 meses. Some as 12 contribuições que encontrar do mês anterior ao parto até 15 meses para trás e divida por 12 e terá o valor da provável renda.

      A aposentadoria por idade no INSS

      Excluir
    2. Então é a opção 2 mesmo... Neste caso o salário maternidade será menor que o salário mínimo... Como faço para receber em torno de R$1.500? Ainda há tempo para contribuir?

      Excluir
    3. Se você pagar os meses de janeiro e fevereiro e, até hoje, o mês 12/2013, faça uma simulação de quanto teria que pagar nesses meses para melhorar sua média.

      Excluir
  32. Oi! Contribui por cinco anos,fiquei desempregada em outubro de 2012,recebi seguro desemprego até março de 2013,meu bebê nasce agora em fevereiro gostaria de saber se tenho direito a receber esse beneficio? Muito obrigada.Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria
      Pelo que diz terá direito, leia o artigo que irá entender.

      A aposentadoria por idade no INSS

      Excluir
  33. Catarino, eu era MEI (micro empreendedor individual) mas estou dando baixa na empresa, contribui com o DAS desde o final de 2010 até dezembro de 2013, se eu engravidar ate quando eu terei direito ao auxilio maternidade?? Antes dessa empresa tive carteira assinada ate dez de 2008. Obrigada pela ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karen.
      Sugiro que leia o artigo, pois nele explico exatamente a sua dúvida.

      Excluir
  34. Olá..não consegui entender uma situação, quando saimos e pegamos o seguro desemprego, dai temos o direito de mais 12 meses de carencia é isso? No meu caso foi dado baixa na carteira em fevereiro 2011,meu bebe nasceu em junho 2012..no caso passou de 12 meses entre a baixa e o nascimento, como recebi o seguro a minha carencia seria de 24 meses..eu teria direito então..é isso????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirian
      É isso que tentei explicar no artigo.

      Excluir
    2. Obrigada..então teoricamente eu teria direito..vou atras verificar...

      Excluir
  35. Catarino Alvez , sai do meu emprego em junho/2013 vou ganhar meu bebe semana que vem, minha duvida é o valor do benefício se é um salário minimo ou se é o valor do ultimo emprego , no meu caso recebia 800,00 é esse valor que vou receber ?

    ResponderExcluir
  36. Bruna
    A renda é feita pela média das últimas 12 mensalidades pagas nos últimos 15 meses.

    ResponderExcluir
  37. Boa tarde Catarino, meu ultimo de trabalho de carteira assinada foi em janeiro de 2011 de lá pra cá trabalho como autônoma sem contribuir, esse mês vou voltar a pagar por conta própria sendo que já estou gravida de 4 meses, tenho direito ao beneficio ao existe algum tipo de carência?

    ResponderExcluir
  38. Aurea
    Se você voltar a contribuir e pagar ao menos 3 parcelas, sem atraso, antes do seu filho nascer pode ter direito.

    Pensão por morte no INSS

    ResponderExcluir
  39. Boa tarde, tive carteira assinada de março de 2002 ate maio de 2012 em empresas diferentes, recebi rescisao e contribui pelo menos 2 meses em cada ano. Estou gravida e desempregada desde maio de 2012 e terei bebe em julho de 2014, tenho direito ao salario? Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  40. Tatiane
    Pelo que diz não há como saber, sugiro que leia o artigo, pois nele explico melhor.

    ResponderExcluir
  41. Gostaria de entender melhor, porque quando recebemos seguro desemprego aumenta em 12 meses a carencia....e li algum artigo em que dizia que se estivessemos ainda desempregada tbm aumenta a chance de receber..isso procede???Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirian
      Sugiro que leia o artigo que nele explico essa situação.

      Excluir
  42. Bom dia. Trabalhei no comércio (1996 a 2001). Depois ingressei no serviço público(cargo comissionado) por quase 9 anos (março de 2004 até janeiro de 2013). Minha pergunta é: estou gestante,meu parto será em junho/julho, estarei segurada por 2 anos e quanto será o valor de seguro maternidade o mínimo ou o das minha últimas contribuições?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A renda, no caso de desempregada, é feito pela média das 12 últimas contribuições procuradas em até 15 meses antes do parto, se não tiver contribuições nesse prazo fica no mínimo.

      Excluir
    2. Obrigada pela gentileza. A sua resposta me foi bastante útil. Boa tarde.

      Excluir
  43. Boa Noite! Catarino.
    A data da minha admissão foi 01/11/2011 e fui demitida no dia 20/05/2013, recebi 05 parcelas de seguro desemprego, vou ganhar neném em Abril. Sendo assim tenho direito a licença maternidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudia
      Sua situação é o que tentei explicar no artigo, peço que leia que irá entender.
      Pensão por morte no INSS

      Excluir
  44. Boa tarde Catarino,

    Sai do meu emprego no dia 11/03/2013 descobri que estava gravida em abril gostaria de saber se estou na qualidade de segurada? Ganhei minha bebezinha dia 19/Dez e consegui agendar só agora com a previdência para dia 04/Fev nesse caso terei os meses de durabilidade do beneficio reduzidos por já estarmos entrando no mês de fevereiro?

    Aguardo,

    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina
      Se vai ter direito peço que leia o artigo, nele explico essa situação, o benefício é concedido com data inicial no dia do nascimento e é pago por 120 dias, se demora para pedir recebe tudo junto.

      Pensão por morte no INSS

      Excluir
  45. bom dia,
    Meu nome é Adriana e estou confusa, trabalhei na prefeitura, em cargo comissionado por 7 anos e 9 meses ( 05/04/2005 á 12/01/2013) fora que tenho mais 6 anos de carteira assinada de outros empregos estou para ter meu bebe em fevereiro de 2014. terei direito a licença?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana
      Pelo que diz não terá direito, leia o artigo que irá entender.

      Pensão por morte no INSS

      Excluir
  46. Olá Catarino... Minha esposa trabalhou 8 meses registrada em uma loja no shopping, ela foi demitida em julho/2013 e recebeu 4 parcelas de seguro desemprego, atualmente está grávida de 3 meses e duas semanas, vamor ter o bebe entre final de julho e agosto, ela tem direito ao benefício?

    aguardo a resposta.

    Muito Obrigado

    ResponderExcluir
  47. Obs: esse foi seu primeiro e unico emprego registrado até o momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo
      Pelo que diz ela terá direito, maiores detalhes leia o artigo.

      Pensão por morte no INSS

      Excluir
    2. corrigindo... a carteira foi dado baixa no dia 30/06/2013 e nosso bebe vai nascer final de julho ou agosto, ainda assim terá direito? caso não tenha direito pelo fato de ultrapassar o limite de 12 meses sem contribuir com inss poderá ser feito algo para reverter?

      Excluir
    3. Rodrigo
      Não tenho como dizer se vai ou não ter direito, pois isso só o INSS pode dizer, sugiro que ela vá ao INSS e lá veja a real situação dela, pois aqui só posso me basear no que diz e é preciso ver o que tem no INSS.

      Excluir
  48. trabalhei de 2001 a 2013 ininterruptos gostaria de saber se tenho direito a licença, e se caso não tenha posso ainda contribuir para receber o beneficio. Meu bebe é para final de fevereiro.

    ResponderExcluir
  49. Adriana, você mantém o direito por 12 meses a contar do mês seguinte ao que saiu do emprego, leia o artigo que entenderá.

    ResponderExcluir
  50. Bom dia, conforme seu exemplo no artigo, o meu se aproxima, porém com ressalvas, na minha CTPS consta saída em 22/02/2013 e tive meu aviso indenizado como ultimo dia de trabalho em 24/01/2013. Recebi seguro desemprego. Deste modo minhas duvidas são:
    - mesmo sem ter tido 120 contribuições interruptivas, meu prazo amplia mais 12 meses?
    - Caso não amplie, quando saio da período de graça? Meu parto está programado para Maio/2014. Para não perder a qualidade, preciso pagar APENAS o mês de 02/2014 (ou 03/13)?. E já e manterei a qualidade por mais 12 meses?

    ResponderExcluir
  51. Suane, o que vale é o que constar no INSS como data de saída do emprego. Se recebeu seguro desemprego tem mais 12 meses, leia o artigo que irá enteder.

    ResponderExcluir
  52. Boa tarde! Fui demitida em 12 agosto de 2013 e engravidei 20 dias dpois. Meu bebê nasce em Maio. Entendi q tenho direito e o modo do cálculo do valor. Mas qual a quantidade de parcelas poderei receber?
    Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  53. Miriam
    Tendo direito o benefício é pago pelo prazo de 120 dias.

    ResponderExcluir
  54. Catarino boa noite... Entao vamos la ver se eu entbdi a minha situacao... Eu tenho um registro mais bem breve e ja faz anos, eu sempre trabalhei como autonoma mas nao contribui, enfim paguei uma parcela pra comecar a contribuição, porem estou gravida eu tenho direito ao auxilio se eu pagar tres em dia antes do bebe nascer??? Grata

    ResponderExcluir
  55. Keren
    Pelo que diz terá direito, mas na dúvida sugiro que vá ao INSS ver sua situação para não ser prejudicada no futuro.

    ResponderExcluir
  56. Bom dia!

    Só para confirmar meus cálculos com base nas informações do artigo.
    1- Fui demitida em julho de 2013.
    2 - recebi 5 parcelas de seguro.
    3 - meu filho nasce em março.

    Apurando em um periodo de 15 meses anteriores ao nascimento a média das 12 ultimas contribuições cheguei a seguinte conclusão:

    15 dez/12 R$ 2.400,00
    14 jan/13 R$ 2.400,00
    13 fev/13 R$ 2.400,00
    12 mar/13 R$ 2.400,00
    11 abr/13 R$ 2.400,00
    10 mai/13 R$ 2.400,00
    9 jun/13 R$ 2.400,00
    8 jul/13 R$ 2.400,00
    7 ago/13 R$ -
    6 set/13 R$ -
    5 out/13 R$ -
    4 nov/13 R$ -
    3 dez/13 R$ -
    2 jan/14 R$ -
    1 fev/14 R$ -
    R$ 19.200,00 / 12 = R$ 1600,00

    estou certa?

    desde já agradeço.








    ResponderExcluir
  57. Ola catarino, tenho duvidas: tinha carteira assinada emuma firma privada como horista desde 2010, em setembro de 2012 passei a assumir integralmente com salario de 2365, 00 e em julho de 2013 fiquei gravida e em outubro de 2013 pedi demissao mesmo estando gravida, entao agora com 8 meses de gesracao posso estar dando entrada ou so qd o bebe nascer? E tenho meu nome cadastrado no sine da minha regiao, isso aumenta meu periodo de auxilo? E se nao, com o que te falei antes tenho direito a 12 meses de auxilio? Obrigada

    ResponderExcluir
  58. Dayani
    NO INSS não existe nenhum tipo de auxílio, o que há é o benefício de salário-maternidade que tem prazo fixo de 120 dias e só pode ser pedido depois do nascimento da criança.

    ResponderExcluir
  59. Fernanda
    Está correto, do valor encontrado terá um desconto de 20% a título de contribuição previdenciária.

    ResponderExcluir
  60. ola trabalhei de 8/2/2011 a 27/05/2013 fiquei gravida depois de dois mese estou com 7 meses eu tenho direito

    ResponderExcluir
  61. Você mantém o direito por 12 meses depois da data em que saiu do emprego. Leia o artigo que irá entender.

    ResponderExcluir
  62. Ola tem duvidas em 2011 eu recebo o auxilio martenidade depois voltei a trabalha no periodo de 04/12 a 01/13. Quando sair recebi 4parcelas do seg.desemprego meu bb nascer em03/14 ainda tenho direito ao aixilio?

    ResponderExcluir
  63. Leninha
    Fiz o artigo para explicar essa situação, convido que leia e entenderá.

    ResponderExcluir
  64. oi meu nome e suelen estou gravida , fui na previdencia social e la consegui meu auxilio maternidade pago como autonoma ja paguei sete meses , e mes que vem ja ganho meu bebe, minha duvida e tenho que pagar mais meses ou nao tem problema....e outra duvida me falaram que nao posso pagar antes da data do vencimento pq nao conta eu sempre pago antes do dia primeiro sera que corro o risco de perder?

    ResponderExcluir
  65. Ola Sr Catarino sai da empresa em julho 2013 ,engravidei em setembro. O bebe nasce em julho deste ano ,eu tenho direito ao auxilio ?

    ResponderExcluir
  66. Taciane
    Sua dúvida está explicada no artigo.

    ResponderExcluir
  67. Suelen
    Para ter direito você precisa ter 10 meses pagos antes da criança nascer, se nascer em abril tem que ter pago os 10 meses anteriores.

    ResponderExcluir
  68. Boa Tarde! Tenho mais de 10 contribuições. Estou desempregada desde 2011. Estou grávida e meu bebe é pra maio/2014. Minha dúvida é: Preciso pagar as três parcelas do GPS até o bebe nascer ou posso pagar até 15/04/2014 o valor referente ao mês anterior e assim sucessivamente até completar as três parcelas. Pagando desta forma, a última parcela referente ao mês de maio, seria paga em junho.O bebe já terá nascido. Terei direito ao salário maternidade mesmo assim?

    ResponderExcluir

  69. No seu caso não terá como pagar as três mensalidades antes do nascimento, pois não é aceito pagamento em atraso e teria que ter pago os meses 02, 03 e 04.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso requerer o benefício após o bebê nascer? No mês de junho já teria pago as três parcelas do GPS.
      E se eu fazer o pagamentos nas seguintes datas:
      15/04/2014 referente ao mês 03
      15/05/2014 referente ao mês 04 e 16/05/2014 referente ao próprio mês 05 e só assim requerer o benefício?

      Excluir

  70. Se tiver três meses pagos sem atraso antes da criança nascer pode sim.

    ResponderExcluir
  71. Tô muito confusa ainda!
    Trabalhei de agosto de 2009 à 26 de março de 2013. Meu período de graça termina em 26 de março de 2014 hoje. Meu bebê só nasce em junho/14 (daqui a 3 meses). Se eu contribuir uma parcela referente ao mês de março/14 com vencimento em abril/14 eu renovo meu período de graça ou tenho que ficar contribuindo até a data de nascimento do bebê? Não recebi auxílio desemprego pois fui demitida por justa causa. O cálculo é feito em cima das 12 últimas contribuições, não ultrapassando o limite de 15 meses? Ou seja vão contar minha contribuição agora e apenas as últimas 3 contribuições e dividir por 12?

    ResponderExcluir
  72. Alessandra
    Sua ideia está correta. Pague o mês 03 até 15 de abril e não perde a qualidade por mais 12 meses. O cálculo da renda está correto.

    ResponderExcluir
  73. Catarino....

    Boa noite...

    Fui desligada em 11/13 da empresa, mas estou com auxilio doenca ate final abril. Estou gravida de semanas , neste caso tenho direito ao auxilio maternidade apos o aux doenca ? Trabalhei nesta empresa por 7 anos. Obrigada.. Cintia

    ResponderExcluir
  74. Danieli
    Sim, terá direito.

    ResponderExcluir
  75. Catarino
    Agora em 2014 sao quantas parcelas que a mulher tem direito do auxilio matenidade .?

    ResponderExcluir
  76. Michel.
    O prazo é fixo, sempre é pago por 120 dias.

    ResponderExcluir
  77. Boa tarde quero saber c tenho direito ao salario maternidade trabalhei de janeiro de2013 a julho de2013 depois fui para outra empresa e trabalhei de outro a dezembro de 2013 estou desempregada no momento e vou ganhar meu bebe em julho214 tenho direito ao salario maternidade

    ResponderExcluir
  78. Catarino gostaria de saber se eu tenho direito ao auxílio maternidade, eu pedi a conta do meu serviço em 13/02/14 e já estava grávida e não sábia e a firma me deu as contas sem a o menos fazer ,o exame de demissão , e eu estava na experiência, eu gostaria de saber se você poderia me ajudar nesse caso, o que eu posso tá fazendo para receber o auxílio maternidade eo que eu posso fazer com a empresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise
      Se pediu demissão a empresa não tem responsabilidade, se seu filho nascer até um ano do dia que saiu do emprego terá direito.

      Excluir
  79. Minha mulher trabalhou de janeiro de2013 a. julho de2013 depois de outubro a dezembro o bebe vai nascer julho de 2014 tera o direito de receber o salario maternidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas
      Ela mantém o direito por um ano, leia o artigo que nele explico isso.

      Excluir
    2. Obrigado agora ela ta mais tranquila adorei o artigo e ate mais

      Excluir
  80. Obs. no total de outros serviços ela tem 27meses de contribuiçao mase de 9 meses em uma empresa 8 na outra mas dez de 2010 nao ficou um ano sem pagar

    ResponderExcluir
  81. Boa tarde,trabalhei ate o dia 19/03/2013 em uma empresa e meu bebe nasceu 26/03/2014... Paguei a parcela de fevereiro de 2014 dia 21/03/2014... Vou ter direito ao seguro maternidade?

    ResponderExcluir
  82. Ana
    Por que já não fez o pedido? Pelo que diz terá direito, leia o artigo que entenderá.
    Os Benefícios da Previdência

    ResponderExcluir
  83. Olá meu nome e Jessica, eu trabalhei 3 meses na minha última empresa, e sai dia 14/1/2014 e um mês depois descobri que estava grávida, meu bebé e para novembro, eu tenho direito de receber o benefício?.
    Já li e não entendi me responde por favor estou confusa.
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jessica
      Você mantém o direito por 12 meses, ou seja, até janeiro de 2015, assim terá direito.

      Excluir
  84. Olá Catarino, boa tarde! Por gentileza, poderia me esclarecer algumas dúvidas... No dia 04/02/2014 pedi demissão da empresa após 1 ano e 9 meses, e 15 dias depois descobri que estava grávida. A empresa informou que não tinha a obrigação de reintegra, mas tenho direito ao Salario Maternidade? Como e quando requerer e como e feito os cálculos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiane
      Terá direito, leia o artigo que vai entender.

      Excluir
  85. parei de trabalha janeiro 2014 de domestica agora quero engravidar ganho bebê em março 20115já acabou meu tempo de segurada como faço para ter direito ao auxilio maternidade pago como autónoma 10 parcela ou posso pagar no mesmo carne 3parcela daqui para frente me explique não entendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosimeire
      Leia o artigo que nele explico esta situação.

      Excluir
    2. eu li o artigo mas ainda fiquei com duvida eu me enquadro no seu exemplo de 10/01/2013 sai do emprego e tenhodireito ate 16/03/2014 ou tenho que pagar fevereiro 2015 para eu ter direito e eu posso pagar o mesmo gps que minha ex patroa me deu e com o mesmo codico na loterica ou tem que ser outro gps com outro codigo e ja posso pagar agora referente o mes de maio para ter direito ate maio de 2015 para eu ficar mais tranquila.

      Excluir
    3. Rosimeire
      Pode pagar agora sim que garante o direito, mas não pode usar o mesmo código, pois não é mais empregada, pode usar o mesmo NIT com o código de facultativo que é 1406 no valor de R$ 144,80.
      Os Benefícios da Previdência

      Excluir
  86. boa tarde fiquei deseempregada agora em janeiro de domestica vou ganhar nenem dia 2 fevereiro mas plo que entendi ja vou ter perdido o direito do auxilio sim ou nao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas pode pagar um mês antes de janeiro que manterá o direito. Leia o artigo que tem mais detalhes.
      Aposentadorias

      Excluir
  87. oie perdi as conta em janeiro e engravidei em fevereiro de 2014 eu tenho direito de pega e como faço onde tenho que ir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, leia o artigo que nele explico essa situação.

      Excluir
  88. Ola,minha irma ficou gravida trabalhando ,teve o bebe e recebeu a liçença,depois de voltar da liçença foi demitida,ela tem o direito ou so quando engravida desempregada e no periodo de graça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não podia ser demitida quando voltou, pois tem estabilidade por 2 meses depois que volta, se ocorreu isso ela terá que entrar na justiça do trabalho.

      Aposentadorias

      Excluir
  89. Bom dia! Trabalhei de 2004 a 2009 desde então não trabalhei mais, agora estou grávida meu parto esta programado para agosto gostaria de saber se eu tenho direito ao salário maternidade? Se não tiver gostaria de saber se eu contribuir agora se tenho direito?

    ResponderExcluir
  90. Sheila
    Não terá, pois ficou mais de 12 meses sem pagar.

    Aposentadorias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo se eu pagar agora?

      Excluir
    2. Sheila
      Se tem tempo de pagar 3 meses sem atraso antes da criança nascer volta a ter direito, por exemplo: se seu filho nascer em agosto ou depois pode pagar o mês de maio, junho e julho e recuperará a qualidade.
      Pensão por Morte

      Excluir
  91. Boa tarde Catarino,estou desempregada a 3 meses e a 7 gravida ja recebi duas parcelas do seguro desemprego,gostaria de saber se tenho direito ao auxilio maternidade li seu artigo e não compreendi muito bem.Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Priscila
      Se foi demitida estando grávida o INSS não irá pagar o benefício, pois é responsabilidade da empresa que não pode demitir quando a empregada está grávida. Nesse caso terá que cobrar da empresa o pagamento.

      Aposentadorias

      Excluir
  92. Catarino Boa Noite.

    Bom trabalhei ate o mes de Março de 2013 e engravidei no mes de outubro de 2013 ganho meu bebe no mes de julho de 2014, e des do mes de Março não trabalhei mais, pelo que eu li da sua explicação eu so teria direito se meu bebe nascesse ate fevereiro de 2014 que não é o meu caso, eu poderia então pagar apartir desse mes de Junho pra receber o salario maternidade ou eu não teria maesmo o beneficio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia
      No seu caso já perdeu a qualidade e para recuperar teria que pagar 3 meses sem atraso e antes do mês que a criança nascer.

      Excluir
  93. Boa noite Catarino,peço lhe ajuda.trabalhei em em uma empresa de revestimentos ceramicos no prazo de julho de 2011ajunho de 2014.fiquei afastada pelo beneficio inss por 40dias e ao retornar pedi demissao.apos a primeira semana desempregada e aguardando mais 20dias para o inicio no novo emprego.gravidez inesperada.prazo pata a chegada do meu bebe surpresa janeiro de 2015,terei direito ao salario maternidade?grata desde ja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emanuella
      Se trabalhou até junho/2014 vai ter direito em janeiro de 2015. Leia o artigo e terá mais detalhes.

      Excluir
  94. Catarino eu trabalhei no período de Agosto de 2013 até o dia 25 de março. Eu engravidei em fevereiro de 2014 e pedi demissão ciente que eu estava grávida, pedi demissão pois não aguentava mais trabalhar na empresa, nesse caso será que eu tenho direito ao benefício de licença maternidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiana
      Mantém o direito por 12 meses, leia o artigo e terá mais detalhes.

      Excluir
  95. Olá Catarino me tire uma dúvida? Mei último emprego foi em 11/2012 até 08/2013 quando fui demitida em agosto de 2013 e tava grávida mais não sabia. Minha filha nasceu em 17/05/2014 tenho direito ao salário maternidade? E se eu tiver demora pra sair o benefício?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaciela
      Se saiu em agosto de 2013 mantém o direito até agosto de 2014, assim pode fazer o pedido, não tem como dizer quanto tempo demora. Tem que agendar o atendimento.

      Excluir
  96. parabéns pelo site muito bom informações aqui postada... queria saber pedi demissão ano passado 1 julho 2013 trabalhei 5 mes, hj to gravida de 2meses meu bb nasce 24 janeiro gostaria de saber se tenho direito ao beneficio...desde ja agradeçoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina
      Em janeiro não terá direito, só se voltar a contribuir como facultativa.

      Excluir
  97. Bom dia Sr Catarino!!! Uma dúvida: Se a gestante é dispensada sem justa causa enquanto gestante, e o INSS negou o pedido do seguro maternidade, o que se deve fazer para conseguir tal benefício??? empregada demitida em janeiro e o nenê nasceu em julho....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávio
      Se a empresa se recusa a pagar ela terá que entrar na Justiça do Trabalho para requerer esse valor.

      Excluir
  98. Catarino, Boa tarde!
    Gostaria que você me tirasse uma dúvida!
    Estou grávida de 8 meses, data prevista pro parto é 15/09 ou seja, 09/2014!
    Eu trabalhei em uma empresa na qual contribui durante 03 meses, 06/2012, 07/2012, 08/2012 na qual sai e fui para outra, trabalhei nessa mesma empresa com carteira assinada como jovem aprendiz na qual contribui do mesmo jeito 09/2012, 10/2012, 11/2012, 12/2012 e troquei de cargo, não sendo mais jovem aprendiz 01/2013, 02/2013 e 03/2013, sai em Março/2013. Desde então não contribui mais.
    Engravidei no mesmo ano em 12/2013 e vou ter minha bebe em 09/2014. Gostaria de saber se tenho direito? Se eu pagar pelo carnê? Alguma parcela?
    Me ajude por favor.

    ResponderExcluir
  99. Jessica
    Não terá direito e agora não tem mais como recuperar, leia o artigo que entenderá.

    ResponderExcluir
  100. Jessica
    Não terá direito e agora não tem mais como recuperar, leia o artigo que entenderá.

    ResponderExcluir
  101. Boa tarde gostaria de saber, se minha esposa tem direito ao beneficio do salário maternidade. A mesma trabalhou de carteira assinada até dia 30 de Junho de 2013. A mesma ficou gravida em Dezembro e ganhara o bebe no final de Agosto. Paguei a competência dela do mês 06/2014 do GPS atrasada e paguei a do mês 07/2014 em dias. Ela terá direito ao beneficio ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renan
      Terá direito sim.

      Excluir
    2. Bom dia Sr. Caratino Alves. Obrigado pela informação. Meus parabéns pela sua iniciativa de criar esse artigo para ajudar pessoas assim como eu que buscas um pouco de informação para irem atrás de alguns direitos. Vai nos ajudar bastante esse beneficio do salário maternidade com a chegada do nosso bebe.

      Excluir
  102. Ola, bom dia Sr. Catarino, Trabalho em uma empresa a 3 anos e 7 meses sem carteira assinada, e estou gravida de 5 meses e nunca contribuir com o inss, gostaria de saber se posso cobrar meu salario maternidade diretamente da minha chefa, pois a mesma vive me enrolando dizendo que tal mês vai assinar minha carteira, mas chega no mês dito e não assina, assim já se passaram esses 3 anos e 7 meses e nada de assinar, e minha duvida é essa posso cobrar diretamente dela? da empresa??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criss
      Pode pedir, mas é provável que ela não vá pagar, terá que entrar na justiça do trabalho contra a empresa para que lhe pague o benefício.

      Excluir
  103. ola Catarino minha duvida é a seguinte eu tenho 7 meses de uma empresa que trabalhei em 2011 e voltei a trabalha em janeiro desse ano de 2014 trabalhei 45 dias e fui demitida ha se passar alguns dias eu descobri que estava gravida..minhas filhas nascem em novembro talvez antes desse mesmo ano de 2014 tenho direito ao auxilio se eu paga essas duas parcelas que faltam? começo a pagar a primeira esse mes de agosto! obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim terá direito se pagar mais duas parcelas sem atraso e antes do seu filho nascer.

      Excluir
  104. Ola
    Fui demitido em 14/03/14
    Meu bebê ira nascer em 8/04/15
    Eu tenho direito a auxilio maternidade?
    Desde JA AGRADECO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carolline
      Pelo que diz terá direito, leia o artigo que terá mais detalhes.

      Excluir
  105. Bom dia, senhor Catarino.
    Minha situação é a seguinte..
    Trabalhei de janeiro de 2013 até agosto de 2013,engravidei no mês seguinte em setembro.Fiz somente 8 contribuições para o inss, o meu filho nasceu agora em 9 de junho de 2014,fui saber do salário maternidade agora nesse mês de agosto,liguei no 135 e eles marcaram para o dia 9 de outubro, justamente quando meu filho faz 4 meses.Nao recebo pensão alimentícia do pai do meu filho, e preciso trabalhar,não quero contar com dinheiro que não sei se vou receber, e arrumei uma vaga de emprego mas se eu assinar a carteira perco o direito de receber o benefício. Quero saber se tenho ou não direito de receber o salário maternidade.
    Desde já agradeço a atenção.Peço desculpas pelo desabafo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem direito, leia o artigo que vai entender. Conte 120 dias do dia que seu filho nasceu e depois desse tempo pode iniciar atividade como empregada.

      Excluir
  106. trabalhei de dezembro de 2012 a setembro de 2013 recebi o seguro desemprego ate dezembro ,contribui apenas 9 meses agora estou gravida de seis meses sera que tenho direito de receber.obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que diz terá direito, leia o artigo que irá entender.

      Excluir
  107. Boa noite gostaria de saber meu ultimo emprego registrado foi novembro de 2011 e recebi 5 parcelas do seguro agora 2014 estou gravida e meu bb nasce em novembro de 2014 paguei uma parcela do carne gps referente ao mes 8tenho direito ao auxilio ou e necessário paga mais 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela
      Pelo que diz não terá direito, leia o artigo que irá entender.

      Excluir
  108. Boa tarde! Eu trabalho de carteira assinada a dois meses, e por motivos pessoais vou ter que sair do trabalho, se eu fizer isso perco o direito a licença a maternidade? meu bb nasce em abril de 2015

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa
      Se está grávida a empresa não pode demitir, pois é ela quem paga a licença.

      Excluir
    2. Mais eu terei que pedir conta, pois vou ter que me mudar. nesse caso eu perco meu direito?

      Excluir
    3. Seu pedido será analisado pelo INSS na época e somente eles poderão dizer se terá ou não direito, em tese se seu filho nascer antes de ter passado 12 meses que saiu do emprego terá direito.

      Excluir
  109. Bom dia catarino tenho uma duvida eu lili e n compreendi trab registrada de jan de 2013 a out 2013 recebi seg ate jan de 2014 a minha duvida eh eu terei 12 ou 24 meses de carencia e se for so.12 meses , se eu.contribuir com o.inss
    Ate mes que.vem prolongo periodo e que desbri a gravidez ontm e.o bb nascera entre abril.e maio de 2015 des de ja obg bom dia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi
      Se recebeu seguro desemprego mantém o direito por 24 meses. Leia o artigo que nele está explicado.

      Excluir
  110. Bom dia! Eu fui contratada em novembro de 2013 e demitida em junho de 2014. Não recebi o seguro desemprego porque havia pego o benefício anteriormente. Agora o prazo de 16meses ja passou e eu continuo desempregada e descobri que estou gravida de 2 meses. Eu consigo pegar o seguro desemprego e logo depois receber a licença maternidade?

    ResponderExcluir
  111. Luciana
    Não sei sobre seguro-desemprego.

    ResponderExcluir